Case de instalação: BR Distribuidora

Nota

Cliente: BR Distribuidora Empreendimento

Posto Big Rio – Lagoa Rodrigo de Freitas
Leblon – RJ

Este estudo mostra o resultado obtido na instalação das luminárias Solaris SOL 72 XD de 164 watts em substituição às luminárias Philips com lâmpada de vapor metálico 400 watts anteriormente existentes. Antes e depois da instalação de luminárias Solaris foram efetuadas as medições dos níveis de iluminância em 10 pontos pré-selecionados com o sistema atual, tendo atingido os seguintes valores médios:

  • com o sistema tradicional: 97 lux
  • com as novas luminárias Solaris: 163 lux
  • aumento de 69% nos níveis de iluminância

Eficiência energética deste estudo

O quadro 1 apresenta um comparativo das quantidades de luminárias e potências instaladas tanto do sistema atual quanto da especificação da i9lux. Foram adotadas 12 horas por dia como regime de utilização para o cálculo de consumo final de energia elétrica de ambos os sistemas.

O quadro 2 mostra estes números. Impacto da sustentabilidade deste estudo 9.540 Kwh/ano de economia representam:

  • Redução da emissão de 4,77 Toneladas de CO²/ano;
  • Preservação de 32 árvores/ano.

Considerações gerais

1.Devem ser avaliadas as perdas anuais de eficiência energética do sistema atual;

2. As luminárias Solaris têm zero% de perda de eficiência luminosa nas 12.000h iniciais (3,5 anos) e menos de 7% em 60.000h (13 anos);

3. Nossas luminárias tem custo zero de manutenção e 5 anos de garantia total;

4. Em termos de custos, além da economia direta do consumo de energia, devem ser levados em conta com a adoção da nova iluminação, os seguintes aspectos:

4.1 Redução drástica dos custos de manutenção devido a:

  • Custos diretos de pessoal de manutenção;
  • Custos de partes: lâmpadas, reatores, ignitores, etc;
  • Impactos de interrupção ou distúrbio operacional no ambiente operacional de atendimento no posto;
  • Riscos operacionais envolvidos nos procedimentos de manutenção;

4.2 Economia gerada pela utilização de fiação de menor bitola;

5. Maior produtividade/conforto gerado pelo acendimento imediato;

6. Maior segurança para clientes e funcionários devido à iluminação de qualidade, com excelente índice de reprodução de cor e melhoria da intensidade luminosa.

i9lux participa de grandes eventos internacionais e ratifica sua posição como empresa inovadora em iluminação eficiente

Nota

 

Dois eventos internacionais mostraram o cenário atual da sustentabilidade na América Latina e das soluções inovadoras em iluminação no mundo. Nos meses de abril e maio, a inovelux esteve presente em dois grandes eventos internacionais, sendo um deles realizado em Miami-EUA, voltado para as questões de sustentabilidade da América Latina, o SUSTAINOTOPIA e o outro, nada menos que uma das maiores feiras mundiais na área de iluminação, esta realizada em Las Vegas-EUA.

A SUSTAINOTOPIA, ou Fórum de Empreendedorismo e Sustentabilidade para a América Latina, aconteceu entre os dias 22 e 24 de abril, nas dependências do Miami Beach Convention Center, em Miami – EUA, e reuniu executivos dos setores público e privados, organizações não governamentais, além de universidades e instituições de ensino que abordaram temas relacionados à pequena e média empresa e sua importância como pilares econômicos do presente e do futuro da região latino-americana, e também apresentarem projetos e empreendimentos de sucesso com o foco na sustentabilidade. Entre os temas abordados estavam: As microfinanças e os empreendedores, Cidades digitais e qualidade de vida dos E-cidadãos, Casos de sucesso de empreendimentos sociais na América Latina, As tecnologias da informação em estratégias de inclusão social, dentre outros. Foram 3 dias de conferências com cerca de 25 palestrantes vindos de grandes empresas como a Volkswagen para a América Latina, a organização Cisneros que atua na Venezuela e Colômbia, o CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina, que financia projetos sociais na América Latina, além de eventos culturais também focados em ações sustentáveis.

A inovelux esteve presente em um estande concorridíssimo com demonstração das luminárias Galaxy e Solaris, causando grande interesse de todos os presentes. Além disso, o CEO da Inovelux, Enio Neves, foi o palestrante na Palestra Magistral sobre a sustentabilidade como motor da inovação (La Sustentabilidad como Motor de la Innovación). Sobre este assunto Enio afirma: Minha intenção foi realizar um exercício de futurologia para antever como a iluminação pública pode contribuir para a racionalidade do consumo de energia. Minha intenção é que os poderes públicos consigam perceber que o consumo de energia pelos cidadãos, em suas residências, pode ser interligado de maneira inteligente, de modo a trazer racionalização no consumo. As concessionárias, por sua vez, poderiam oferecer padrões diferenciados de tarifas para os consumidores. E isso já é possível com as luminárias GreenStar. Enio Neves também fez parte de uma mesa redonda cujo tema: Desenvolvimento de Empreendimentos Verdes e Gestão Ambiental, foi debatido com o principal executivo do escritório peruano da área de meio ambiente do CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina. Além deste importante fórum internacional, a I9lux esteve presente em maio, na LightFair International, uma das maiores feiras mundiais sobre iluminação em arquitetura, projetos comerciais e públicos, que aconteceu em Las Vegas – EUA, no início do mês de maio. A feira reúne empresas do setor da iluminação de todo o mundo com demonstração de novidades em produtos inovadores, além de profissionais do setor como engenheiros, arquitetos, light designers, dentre outros.

A GreenStar, fabricante das luminárias Galaxy e Solaris participou do evento dentro do enorme estande da TOSHIBA, já incorporando os padrões da empresa, firmando e confirmando a grande parceria. A inovelux foi a única parceira da GreenStar convidada a estar presente neste evento. Segundo Marcio Avellar e Enio Neves, diretores da inovelux, as novidades trazidas foram a demonstração do protótipo das luminárias Astro para áreas externas. A nova linha Astro conta com 3 modelos de 18, 24 e 36 LEDS, desenhados para substituir as luminárias de HPS (lâmpadas de vapor de mercúrio e de sódio de alta pressão) de 100 a 250 watts. Na linha Galaxy, o destaque ficou para a demonstração das funcionalidades de comunicação e telegestão do novo modelo Aviator. Enio Neves esclarece que: a TOSHIBA deixou claro neste evento sua atuação como fabricante de comunicação integrada entre smart meters e luminárias inteligentes de uso público, de forma a viabilizar esse cenário futuro de uma maneira mais racional de consumir e utilizar energia elétrica no mundo.

Entrevista com Enio Neves, CEO da i9lux

Nota

Enio Neves deu uma entrevista a este informativo, sobre suas impressões no evento Sustainotopia, em Miami.

Durante sua participação no evento Sustainotopia qual foi a sua sensação da evolução da iluminação eficiente e mais especificamente, da iluminação a Led no mundo?

Os países da América Latina apresentam grandes dicotomias. Além das diferenças entre países, sejam elas culturais sociais e econômicas, há ainda as diferenças intrínsecas de cada país em suas áreas rurais e urbanas. No que tange às necessidades de energia nas áreas rurais, hoje bastante limitada, há uma busca por soluções de autossuficiência na iluminação. Nas zonas urbanas de grandes cidades, a busca por soluções é de outra natureza, existe a necessidade urgente de soluções muito eficientes em economia de energia.

A Venezuela é um exemplo claro destas necessidades, já que este país está sofrendo com falta de energia elétrica, busca por soluções energeticamente eficientes para os centros urbanos e ao mesmo tempo necessita de soluções autossuficientes para a geração de energia em sua área rural. As apresentações do Fórum Latino Americano, demonstraram que existe uma consciência muito grande da relação custo/benefício das soluções ecologicamente corretas. Inúmeras experiências para geração de energia limpa e eficiente estão sendo efetuadas em diversos países da América Latina. Dada à privilegiada localização da América Latina no planeta, é natural a busca pelo máximo aproveitamento da energia solar. Diversos casos foram apresentados e que demonstram um futuro luminoso das tecnologias que efetuam o aproveitamento da insolação, entretanto tecnologias empregadas como a utilização de células fotovoltaicas ainda estão em sua infância, com baixo rendimento no aproveitamento da energia, custos elevados de implementação e cujo processo industrial para sua fabricação hoje, ainda gera-se uma quantidade muito grande de carbono.

Dentro deste cenário, observando-se como a energia pode ser consumida de forma mais eficiente, a iluminação com LEDs apresenta resultados efetivos e imediatos, são energeticamente eficientes, com excelente índice de reprodução de cor, alta durabilidade e baixíssima manutenção.

O que existe de novidade e onde o Brasil se encaixa neste panorama mundial?

O Brasil está um pouco à frente dos demais países latino-americanos no que se refere a eficiência energética. Todos demonstram grande respeito pela nossa capacidade de produzir energia limpa. Este evento foi muito interessante no sentido de demonstrar a eficiência e durabilidade dos produtos que estamos distribuindo despertando assim o interesse pelo investimento estratégico em produtos que tenham grande longevidade, gerando economias imediatas e que possam agregar funcionalidades ao longo do tempo. Para a inovelux este evento latino-americano foi importante para proporcionar visibilidade como empresa eficiente e inovadora.

Qual é a tendência para a iluminação eficiente em todo o mundo daqui para frente?

A principal tendência é pela utilização de LEDs de alto brilho, em número cada vez menor e gerando maior fluxo luminoso. Essa tendência levará a um consumo de energia cada vez menor, disponibilizando mais a energia hoje fornecida. Com cada vez menor consumo, poderemos verificar uma menor geração de carbono equivalente para os processos de iluminação.

Poderemos também observar menor impacto ambiental, visto que as luminárias de LED são muito menos agressivas ao meio ambiente, tanto no processo de sua fabricação bem como no processo de descarte. Se utilizarmos racionalmente e eficientemente a energia, poderemos disponibilizar energia para outras aplicações. Mas continua sendo fundamental a busca de fontes alternativas de geração de energia limpa, que minimizem o impacto no meio ambiente e ao mesmo incentivar a fabricação de produtos mais eficientes, que consumam menos energia. Esta mudança está acontecendo e é perceptível. Mas ainda há a necessidade de uma conscientização.

i9lux e Petrobrás fecham parceria de negócio

Nota

A inovelux recebeu uma solicitação da unidade de Manaus da Petrobras para a análise e desenvolvimento de soluções para a melhoria do seu sistema de iluminação. As características técnicas dos produtos da GreenStar foram apresentadas, detalhadas e validadas pela Petrobrás. A partir daí foi elaborado, pela nossa equipe, um estudo luminotécnico preliminar especificando os modelos mais indicados para o arruamento interno da Unidade e para duas torres de iluminação, que operam como referência para navegação marítima/fluvial, além de um Estudo Comparativo indicando os níveis de eficiência energética a serem obtidos. No estudo foi especificada a necessidade de 68 luminárias modelo Galaxy da GreenStar sendo aprovado e o processo se encontra na etapa da importação dos produtos para instalação imediata. Em nossos próximos informativos traremos os dados de eficiência energética obtidos neste projeto.

i9lux na Venezuela

Nota

A Venezuela passa por uma crise energética sem precedentes. O mercado de energia está estrangulado e ávido por soluções energéticas eficientes.

Dentro deste cenário, as luminárias eficientes fabricadas pela GreenStar se encaixam com perfeição. Assim, a i9lux fechou uma parceria com a SAG Sistemas, da Venezuela para introduzir as luminárias naquele país.

A SAG está identificando diversas oportunidades de negócios com previsão de fechamento ainda para 2011!

zp8497586rq